Electronic Data Interchange (Intercâmbio Eletrônico de Dados):

EDI significa troca estruturada de dados através de uma rede de dados qualquer.

O EDI pode ser definido como o movimento eletrônico de documentos padrão de negócio entre empresas. O EDI usa um formato de dados estruturado que permite que os dados sejam transformados sem serem reintroduzidos.

O uso primário do EDI é transferir transações de negócio repetitivas tais como: encomendas, faturas, aprovações de crédito e notificações de envio. Isto significa que o EDI hoje, contrariamente ao que muitos acreditam, não implica comunicação em tempo real.

O termo “EDI tradicional” é usado para designar o EDI com suporte para alguns dos padrões EDI, tais como EDIFACT ou ANSI X12, ou subconjuntos deles.

Alinhado com essa tecnologia temos os seguintes produtos:

 

Accio EDI

É composto pelos módulos:
  • Accio EDI Designer: o qual permite o mapeamento de tradução das mensagens em uma interface gráfica e utiliza repositório em banco de dados relacional; e
  • Accio EDI Run-time Engine: que é o executor multiplataforma do mapeamento de tradução. Ele executa a tradução, geração e formatação das mensagens configuradas pelo módulo Accio EDI Designer.
É um servidor de mensagens com protocolos para transferência de arquivos e sincronismos de mensagens entre diversos sistemas de informação. As mensagens podem ser curtas e instantâneas ou longas e armazenadas em arquivos ou em banco de dados. Ele permite a automação de comunicação entre sistemas via EDI ou ETL.

 

Saiba mais…